Conscientização e Prevenção de Sinistros


CAMPANHA ABRASCAM PARA CONSCIENTIZAÇÃO E PREVENÇÃO DE SINISTROS
 

Tema do Mês: Entendendo a importância de uma condução segura para prevenção de acidentes na estrada.

24/01/2019 às 17:35 – Redação por: Isadora Couto

Caminhoneiros de todo país se deparam com altos números de acidentes nas estradas. Aprenda a reconhecer os principais motivos e como evitá-los, para não se tornar a próxima vítima!

A vida na estrada é repleta de belas paisagens e boas histórias, entretanto alguns fatores aliados à imprudência, acabam tornando as viagens mais suscetíveis à ocorrência de acidentes. Portanto, com o intuito de instruir e alertar aos caminhoneiros sobre a necessidade do cuidado durante as suas viagens, nós da Abrascam iniciamos uma campanha preventiva que contará com matérias mensais.

Alertando sobre os riscos que envolvem a atividade de transporte, gerando prejuízos milionários para embarcadores, transportadores, e associações de proteção. Vocês verão que com pequenas atitudes, conseguimos evitar grandes prejuízos e principalmente salvar vidas!

Mesmo que o Brasil tenha se comprometido em diminuir pela metade o número de acidentes nas estradas até 2020, o tema preocupa porque essa é uma das principais causas de morte no país. Segundo dados da CNT (Confederação Nacional do Transporte) somente nas rodovias federais policiadas, no período entre 2007 e 2017, foram registrados 1.652.403 acidentes com 83.481 mortes. Isso representa uma média de quase 700 mortes por mês, um absurdo!

Ainda segundo a CNT, as colisões respondem a 57,3% dos acidentes com vítimas, ocorridos em rodovias federais no período de 2007 a 2017. Como bem exemplificado nos dados, é clara a necessidade de atenção e cuidado nas rodovias por todo o país. Portanto, veja algumas das principais causas de acidentes ligados aos caminhoneiros a seguir.

 

•    Grandes distâncias rodadas sem descanso

Muita pressa e a necessidade de cumprir prazos apertados podem fazer com que o motorista percorra distâncias enormes em uma mesma viagem, temos relatos de motoristas que já rodaram mais de 50 horas sem o devido descanso, causando extremo cansaço físico, sono e redução surpreendente dos reflexos.

Esses fatores colocam a segurança de todos que estão na estrada em risco, por isso, é de extrema importância planejar bem suas viagens e estar sempre descansado. Cumprindo inclusive a conhecida Lei do Caminhoneiro (N° 13.103/2015).

A lei é clara ao dizer que a jornada máxima de trabalho dos motoristas profissionais será de 8 horas diárias. Porém, será admitida a realização de 2 horas extras ou — se houver acordo ou convenção coletiva, 4 horas extras por dia. Em geral, não existe um horário fixo para início e término da jornada do motorista. Isso significa que, enquanto ele estiver à disposição da empresa, a jornada estará sendo computada.

Entre alguns pontos, a lei determina que o caminhoneiro não pode dirigir mais de 05 (cinco) horas seguidas — nesses intervalos é obrigatório um descanso mínimo de 30 minutos — e o intervalo de almoço deve ter no mínimo 1 hora.

Em relação aos descansos, a nova Lei do Caminhoneiro informa que a cada 24 horas trabalhadas, o motorista deve ter um descanso de 11 horas. Desse período, ao menos 8 horas devem ser ininterruptas e o restante pode ser fracionado, caso seja de sua preferência.

Esteja atento a todos esses fatores, e cobre da transportadora caso a lei não esteja sendo cumprida, lembre-se que sua vida está em jogo!

 

•    Alta velocidade

Também ligada à pressa e prazos curtos, em paralelo com a imprudência dos motoristas, trafegar em velocidades altas no comando de um caminhão pode causar uma série de acidentes. Procure manter uma velocidade média e sempre dentro do que é permitido no trecho.

Não é novidade para ninguém que alta velocidade e direção não combinam, por mais que você conheça o trecho e o caminhão que dirige, surpresas sempre existem. Seja responsável, esse tipo de atitude mata pessoas e destrói famílias!

 

•    Ultrapassagens perigosas

Se realizar ultrapassagens já é arriscado para carros pequenos, é mais ainda para veículos pesados. Normalmente essa conduta complementa o item anterior, motoristas que andam em alta velocidade tendem a realizar ultrapassagens perigosas, levando a tragédias sem precedentes.

Evite fazer essas manobras de maneira perigosa, principalmente em locais proibidos, como faixas contínuas, curvas e pontes. No caso dos caminhões, trechos muito íngremes também são locais de risco, o famoso “pegar embalo” pode acabar em acidente, cuidado! Sempre ultrapasse com muita cautela e apenas em locais permitidos!

 

•    Excesso de carga

Carregar mais carga do que seu caminhão pode suportar é proibido por lei, prejudica a estrutura das estradas, danifica seu caminhão e piora seu desempenho (principalmente em curvas), causando diversos acidentes e principalmente tombamentos, que são acidentes de alto potencial ofensivo, onde de acordo com pesquisas, 78% das vítimas desse tipo de acidente vem a óbito. Tenha muita atenção!

 

•    Rodovias mal conservadas

Má sinalização, buracos, falta de pavimentação, falta de infraestrutura de apoio (como oficinas e borracharias). Todos esses problemas podem causar graves acidentes. Por isso, é importante dirigir com prudência e evitar que a situação da estrada interfira na sua direção. Atualmente, as rodovias tem canais de contato, faça uma denúncia sempre que puder.

Somente com fiscalização e união do cidadão conseguiremos mudar as deficiências do país!

 

•    O cuidado é fundamental para uma viagem tranquila

É possível evitar todos esses problemas respeitando as leis de trânsito, e assim manter uma direção ainda mais tranquila, protegendo você e todos os outros motoristas.

Cumprindo a responsabilidade social com nossos associados e com o transporte de uma forma geral, a Abrascam encabeça essa campanha de prevenção e conscientização, pois acreditamos que somente assim conseguiremos ter estradas mais seguras e melhores condições de trabalho, além de preservar vidas, diminuir prejuízos e manter a Abrascam forte e consolidada, atuando em ocorrências que inevitavelmente venham acontecer e prestando total apoio!

Dirija sempre com cuidado e conte com a Abrascam para ajudá-lo no seu trajeto!

Contato: (11) 2201-5150
WhatsApp: (11) 94789-2926
relacionamento@abrascam.com.br

As fotos acima se referem a dois acidentes de Associados ocorridos no mês de Janeiro, sendo um na Bahia e outro em Santos. Fiquem atentos pois quaisquer descuidos levam a situações como essas…

About the Author

Marcus Vinicius Assis

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *